PLANTÃO JURÍDICO
(27) 99889-9683


Pesquisa inédita traça o perfil da saúde mental de policiais e bombeiros militares no ES

Publicado em: 16 de agosto de 2019

Durante o XVIII Fórum da Associação Nacional das Entidades Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Brasil (ANERMB) vai ser apresentado ao público uma importante pesquisa sobre a saúde mental dos profissionais de segurança pública.

O trabalho foi feito através de visitas a diversos locais, dentre eles batalhões e companhias em vários municípios capixabas. Segundo a Assistente Social da ACS, Luana Torres Cabral “o acesso aos dados referentes à saúde mental no ambiente militar são extremamente limitados, não pela ausência e sim pela resistência das instituições governamentais em disponibilizar essas estatísticas ao público geral e também as nós profissionais que atuam nesta causa dentro das entidades representativas” reforça.

Segundo ela “há necessidade de cautela para com o compartilhamento desses dados, todavia faz-se necessário dar conhecimento da realidade vivenciada para que se possa estudar o fenômeno e propor alternativas de atendimento qualificado e eficaz” ressalta.

Outro ponto que a assistente social destaca é que a depressão e a outras doenças relacionadas à saúde mental ocasionalmente podem estar atreladas ao suicídio, o que exige cuidado.

“Diante do aumento significativo desse tipo de problema, não podemos continuar ignorando o fato”  Luana Torres Cabral

 

Como foi atuar na pesquisa de campo?

Durante a fase de coleta de dados foi percebido que muitos policiais e bombeiros militares se mostraram interessados em participar deste processo. “Recebemos indicativos que demonstram grandes preocupações em virtude do estado emocional e suas condições de trabalho, um ambiente predominantemente marcado por uma rigidez hierárquica, que se estabelece num ambiente vulnerável ao profissional, atrelado a demais questões institucionais” enfatiza.

Sobre Saúde Mental?

Um termo ainda superficialmente conhecido, mas facilmente constatado quando se fala sobre um crescente diagnóstico tal qual, a depressão, constatando assim sobre a necessidade de discutir sobre a temática.

Atendimento e consultas para os associados

Com base nos atendimentos diários com nossos associados, constata-se a necessidade de ampliar e melhorar o acompanhamento junto a estes profissionais. Atualmente é oferecido aos associados um atendimento com médico psiquiatra parceiro da entidade que realiza essas consultas com preços reduzidos.

Deste modo, a Associação de Cabos e Soldados reconhecendo a necessidade de qualificar o atendimento deste tipo de demanda, realizou uma pesquisa de campo juntos aos militares estaduais a fim de conhecer de perto a realidade vivenciada e propor alternativas de intervenção e despertar os olhares da sociedade e das instituições para está importante causa.

Inscrições gratuitas e limitadas: 

Para participar os interessados devem acessar este link: https://docs.google.com/forms/d/16c8BBExs0J1CKIVkaxF_U_L5zaQQ0NOi1e6Vk2D2-sg/edit?usp=drive_open

 

Presidente Cabo Jackson Eugênio Silote

 

 

Jornalista: Aluísio Rocha
Fotografia e Web: Equipe de Comunicação Social da ACS
Entre em contato: assessoriadeimprensa@acspmbmes.com.br

Clique em uma estrela para avalia-la.