PLANTÃO JURÍDICO
(27) 99889-9683


Entidades mostram força na Assembleia e deputados aprovam nova sessão amanhã

Publicado em: 24 de abril de 2019

As ações de hoje na Assembleia Legislativa realizadas pela Associação com apoio dos militares mostraram força perante a perspectiva do governo para aprovação do requerimento de urgência na parte da manhã. Em uma sessão extraordinária, que começou por volta das 10 horas os membros da comissão interna de segurança pediram vista dos projetos que trata a lei de promoção das Praças e Oficiais dos quadros de Oficiais de Administração. Ficou marcante a união das associações (ACS, ASSOMES, ASSES, e ABMES) que buscam a valorização profissional dos militares.

Com este movimento, as entidades representativas definiram com apoio de um grupo relevante de deputados a iniciativa de apresentar emendas para abrir nova discussão entre todos deputados presentes em plenário. Dentre elas: o retorno da totalidade das vagas perdidas com mudança da legislação atual, o fim do interstício para ascensão funcional, a retirada do limitador de vagas para CHS, e questão integral da retirada da situação de sub judice entre outros.

Neste momento, as entidades unidas ao lado do plenário conseguiram de maneira positiva manter um canal de diálogo com os deputados, ainda naquele instante, mostrando de fato que a alegação de cada entidade tem embasamento técnico e real para alterar ou propor mudanças do projeto de lei enviado pelo governo.

Uma nova questão de ordem foi apresentada a mesa que coordenava a sessão, liderada pelo presidente deputado Erick Musso.

 

Depois deste momento, um novo embate aconteceu entre um bloco de deputados aliados com o governo querendo aprovar o pedido de urgência sem verificar alguns questionamentos feitos pelo outro bloco que mostrava intenções importantes alinhadas com as entidades – que apontavam à necessidade de discutir dentro de critérios regimentais sem prejudicar o andamento da sessão ordinária.

 

Mas, os questionamentos foram interpretados e logo após foi aberto a votação para o pedido de urgência. O requerimento recebeu 17 votos a favor e 12 contrários.

 

Tão logo foi dado o resultado os deputados novamente que são aliados das entidades representativas de militares buscaram realizar uma nova conversa e avaliar cada ponto do projeto, sendo que em uma sala reservada alinharam pontos de apoio com indicações de cada representante. Todos conversaram abertamente sobre o momento de cada entidade e os anseios legítimos dos associados, o que gerou o fortalecimento institucional das associações com os representantes dos poder legislativo capixaba. Segundo Capitão Assumção “este fato é histórico o que demonstra a união das associações e apresenta para a sociedade que estamos em outro momento, sendo que cada um tem um papel importante dentro da discussão do projeto de lei” finaliza.

 

 

 

Neste momento o Presidente Cabo Eugênio descreveu de forma clara e objetiva os pontos relevantes da entidade, neles reforçou sobre “ a questão integralidade da retirada da situação de sub judice”.

“Mais uma vez digo, que este amparo legal para promoções sem que sejam prejudicados por estarem “sub judice”; o outro é o amparo aos militares que se lesionam em serviço ou em razão dele, e que não tenham condição de executarem o TAF para ingressos nos cursos de habilitação. E mais ainda, adequação da carga horária para os cursos de habilitação” finaliza.

 

 

 

Deputados presentes na reunião com as entidades no início da tarde de hoje:

 

  1. Alexandre Xambinho
  2. Capitão Assumção
  3. Delegado Lorenzo Pazolini
  4. Coronel Alexandre Quintino
  5. Delegado Danilo Bahiense
  6. Vandinho Leite
  7. Rafael Favatto
  8. Hudson Leal
  9. Marcos Mansur
  10. Torino Marques

 

Assim, uma nova sessão ordinária está programada para a amanhã (quinta-feira) às 9 horas.

 

Associa-se: http://www.acspmbmes.com.br/associe-s

 

Presidente Cabo Jackson Eugênio Silote
(Gestão 2019/2021)

 

Jornalista: Aluísio Rocha
Fotografia e Web: Equipe de Comunicação Social da ACS
Entre em contato:assessoriadeimprensa@acspmbmes.com.br

Clique em uma estrela para avalia-la.