Assistência Social da ACSPMBMES ajuda sargento conseguir prótese para a esposa

Publicado em: 11 de Abril de 2018

A Assistência Social da ACSPMBMES realizou uma ação entre amigos para ajudar o Sargento Marco Antônio da Silva conseguir uma prótese de perna para a sua esposa, a dona de casa Tânia Maria Felício da Silva, 52. Associado há 29 anos, esta foi a primeira vez que o militar precisou da assistência da entidade.

O sargento informou que Tânia Maria teve que amputar a perna direita por causa da diabetes e desde então a família lutava para conseguir comprar uma prótese, mas não conseguia juntar recursos. Então, no mês de março deste ano, o militar procurou a Associação de Cabos e Soldados para pedir ajuda.

“Como o valor da prótese da minha esposa era alto, R$ 14.500,00 e a entidade não tinha como me ajudar com o valor em espécie, então o Cabo Guimarães, o Soldado Fernando Baptista e a assistente social da entidade tiveram a ideia de fazer a rifa de uma televisão”, disse.

Os bilhetes da rifa foram distribuídos entre os diretores, militares associados, parentes e amigos do sargento que se dispuseram a vendê-los. Segundo o Sargento Marco Antônio foi arrecadado R$ 6.900. O valor serviu de entrada no pagamento da prótese.

“ Parcelei o restante do valor em quatro prestações de R$ 1.750 que farei o possível para conseguir. Sozinho eu não teria arrecadado o valor da entrada e agradeço a ACS pelo bom atendimento, por me acompanhar e se dispor a ajudar. A minha esposa já fez o teste da prótese”, disse.

O Sargento Marco Antônio da Silva ainda conta com a solidariedade de todos e quem puder ajudar pode fazer um depósito de qualquer valor na conta do militar no Banco Banestes, agência 205, conta corrente 2011716.

Amparo social

Durante o ano de 2017 a entidade realizou diversos tipos de amparo social, dentre eles, auxílio em compra de medicamentos, doação de cestas básicas, entre outros. Aproximadamente 30 associados foram atendidos.

De acordo com a assistente social da Associação de Cabos e Soldados, Luana Torres Cabral, a doação de cestas básicas foi a ação mais recorrente em 2017 devido a pontualidade com que se consegue atender os associados e pela possibilidade de manter estoque, 22 cestas básicas foram doadas pela entidade.

“Em âmbito geral, foram concedidos outros auxílios como ajuda na compra de medicamentos, compra ou cessão de materiais hospitalares e ortopédicos, auxílio com quitação de despesas como água e energia elétrica, dentre outras. A Associação de Cabos e Soldados assumiu a missão de contribuir para a melhoria das condições de vida dos associados que necessitam de amparo”, afirmou Luana.

A Associação de Cabos e Soldados busca desempenhar o papel da assistência social em sua plenitude e, para isso, está cada vez mais próxima dos seus associados e de sua realidade para compreender os problemas existentes vivenciados pelos militares além dos perfis socioeconômicos.

Reportagem: Mary Dias (assessoriadeimprensa@acspmbmes.com.br)