Anjos de farda: Militares salvam bebê recém nascido que estava abandonado em Nova Venécia

Publicado em: 7 de janeiro de 2018

O sábado seis de janeiro de 2018 seria mais um sábado de serviço para a Soldado Tatiani Celeste em Nova Venécia, mas uma pequena recém nascida iria cruzar o caminho da Policial Militar e emocionar essa guerreira. A História destas duas se cruzou a partir das 18h50 quando a militar atendeu a um chamado do Ciodes.

“Ao atender me foi passada a informação de que um recém nascido tinha sido abandonado em meio às plantas de uma casa em Nova Venécia, prontamente a equipe do Sargento Nunes e Soldado Corona foram até o local e constataram a veracidade dos fatos”, afirmou a militar em sua página no Facebook.

O trabalho de resgate da bebê aconteceu em conjunto entre a Polícia Militar e Conselho Tutelar de Nova Venécia. Além dos Soldados Corona e Celeste e do Sargento Nunes, uma dona de casa também teve um papel importante na vida da recém nascida abandonada.

De acordo com depoimento da Soldado Celeste em sua página pessoal, quem entrou em cena foi a dona de casa Silvana Lemos Barbosa que prontamente amamentou a criança que chorava de fome. Segundo a Soldado, Celeste cuidou com muito carinho da bebê e cuidou dela como se ela fosse a sua filha.

“Seu ato de amor foi lindo. Deus te abençoe e também a essa pequena. Que ela seja uma criança amada e bem cuidada. Peço a Deus que, daqui alguns anos ao lembrar desta ocorrência será apenas uma velha lembrança, pois ela estará crescendo protegida e amada”, afirmou em rede social.

Em rede social, a dona de casa que amamentou a criança comentou a postagem da Policial Militar: “Foi uma honra para mim amamentar e dar um pouco de amor para ela naquele momento, peço a Deus que ela encontre uma família para dar muito amor e carinho que toda criança precisa!”.

Muitos internautas comentaram e parabenizaram a militar depois que ela publicou o que havia acontecido em sua página pessoal no Facebook. Teve internauta que se emocionou e também se revoltou após o relato feito pela Soldado Celeste: “ Meu Deus. Meus olhos se encheram de lágrimas em imaginar um ser tão depende de um adulto foi abandonada, Deus tem um grande propósito na vida dessa criança. E tomará a Deus que localizem a tal mãe para que ela possa pagar pelo que fez”, comentou uma internauta.

Outra internauta parabenizou o trabalho de todos envolvidos no resgate da pequena recém nascida que ainda não tem nome: “Parabéns a todos por esse gesto de amor e que Deus derrame bênçãos a essa pequena criança ainda bem que existe anjos aqui na terra”.

Uma militar que também já atendeu uma ocorrência semelhante recordou o que viveu com a postagem: “ ‘Ain’ nem me fale! Já peguei uma ocorrência assim, chorei igual uma criança quando cheguei em casas ! Era um anjinho tão puro, estava todo sujinho e com fome! Dei tanto carinho”.

E se depender dos internautas que ficaram sabendo do que aconteceu com a bebê, ela terá em breve uma família. Já tem gente interessada em adotar a pequena. “Eu e minha esposa estamos a fim de adotar uma menina,será que esta fofura está disponível para adoção?”, questionou um internauta.

A pequena bebê fez nascer e crescer uma corrente de solidariedade em torno dela e há pessoas interessadas em fazer doações para ela. Na página da policial um internauta oferece ajuda: “…também quero doar umas roupinhas de bebê…as roupinhas que não cabem mais na minha filha irei doar para essa princesinha…Que Deus a abençoe e que ela encontre um lar com pessoas que de muito amor e carinho”.

A ACS parabeniza a todos os envolvidos nesta ocorrência que certamente mudou o destino da criança. Os militares que atenderam a esta ocorrência foram anjos na vida desta recém nascida. E para a pequena bebê, a Associação de Cabos e Soldados deseja que ela seja abençoada, protegida e cresça em segurança e muito amada.

Reportagem: Mary Dias