ACS consegue redução no percentual do reajuste dos contratos com a SAMP

Publicado em: 1 de agosto de 2018

Prezados associados, conforme matéria publicada no site da associação no último dia 23 de julho, a Associação de Cabos e Soldados vinha desde o mês de maio negociando a renovação dos contratos da entidade com a SAMP.  Inicialmente a SAMP pretendia repassar um reajuste de 30% na tabela de preços, à medida que a negociação avançou esse reajuste caiu para 24%.

Na última reunião entre a ACSPMBMES e a SAMP ocorrida no dia 24 de julho ficou definido que o percentual de reajuste seria de 19,5%, contudo, por decisão da operadora de saúde ela não irá mais comercializar planos de saúde sem coparticipação, portanto, no dia 30 de julho a Associação de Cabos e Soldados encerrou a comercialização de planos sem coparticipação e inicia a partir de hoje (1º de agosto) a venda de planos participativos para os associados com vigência a partir de 01/09.

Os planos participativos seguirão com o mesmo valor do plano sem coparticipação comercializado até a data de 31 e julho de 2018.Conforme a tabela abaixo, com a atualização do percentual de reajuste já vigente os novos valores serão os seguintes:

Vale lembrar que a coparticipação será de R$ 20,00 (vinte Reais) para consultas eletivas e pronto atendimento nas clínicas próprias da SAMP. Já na rede credenciada (hospitais e clínicas) o valor de coparticipação para consultas eletivas também será de R$ 20,00 (vinte Reais) e para atendimento em pronto socorro o valor será de R$ 35,00 (trinta e cinco Reais). Uma boa notícia é que não haverá coparticipação em nenhum tipo de exame ou nos casos de internação.

Embora o percentual de reajuste para o plano sem coparticipação tenha sido alto, (motivado por um resultado expressivo de sinistros) a Associação de Cabos e Soldados criou uma nova oportunidade com o plano que exige coparticipação somente em consultas. A entidade informa que, quem tem plano sem cobrança de coparticipação pode migrar para o plano participativo, mas essa mudança não é obrigatória.

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Espírito Santo está à disposição para os esclarecimentos que sejam necessários através do telefone 98822-1113 (somente whatsapp) e 3324-1946.

 Associe-se à ACSPMBMES, clique aqui!

Produção: Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Espírito Santo.